…::GODS POWER PT::…

BEM VINDO AO GODS POWER PT

DIVERTE-TE E CONTRIBUI COM ALGO
E NÃO TE ESQUEÇAS DE VOTAR ENQUANTO
OUVES A RÁDIO NEXT
Se esqueceu a sua senha clique em Recuperar senha

ABRAÇO

susyferry
…::GODS POWER PT::…

GODS POWER PT onde encontras de tudo um pouco, até amigos visita confere ajuda para seres ajudado obrigado











 width=





    Embalagens de manteiga para carenciados deitadas no lixo

    Compartilhe
    avatar
    henrike
    Sub Administrador
    Sub Administrador

    Troféus, Medalhas. Troféus, Medalhas. : :1
    *****
    :2
    *****
    :3
    Diz de tua justiça..... :

    Masculino
    Número de Mensagens : 2422
    Idade : 65
    País de Origem :
    Alertas :
    0 / 1000 / 100

    Data de inscrição : 17/01/2010

    RPG
    Warm:
    0/0  (0/0)
    Fotos:
    0/0  (0/0)

    Embalagens de manteiga para carenciados deitadas no lixo

    Mensagem por henrike em Ter Mar 30 2010, 09:07



    Há uma semana que centenas de embalagens de
    manteiga, destinada a famílias carenciadas, estão na berma de uma
    estrada de Vizela. A Cruz Vermelha vizelense diz que não lhe pertencem e
    culpa instituições de concelhos vizinhos.Mais de cem quilos
    de manteiga do Programa Comunitário de Ajuda Alimentar a Carenciados
    estavam ainda, ontem à tarde, abandonados na berma da Estrada Municipal
    que liga as freguesias de S. Eulália a Vilarinho, em Vizela. As
    embalagens de manteiga foram descobertas numa lixeira ilegal, há cerca
    de uma semana, durante a iniciativa "Limpar Portugal". "Os pacotes de
    manteiga têm validade até ao dia 31 de Março de 2010 e têm escrito no
    rótulo "venda proibida"; mas estavam abandonados no meio do monte",
    disse ao "Jornal de Notícias" um dos elementos que encontrou as centenas
    de embalagens de manteiga. João Cocharra, o presidente da delegação de
    Vizela da Cruz Vermelha já denunciou o caso à Cruz Vermelha Portuguesa, à
    Segurança Social "e às autoridades judiciais competentes". "Posso
    garantir que a manteiga não pertencia à delegação de Vizela da Cruz
    Vermelha mas quem destruiu um bem alimentício destinado às famílias
    carenciadas deve ser responsabilizado pelo crime que cometeu", referiu
    João Cocharra. Em Vizela, os bens são recebidos pelo núcleo da Cruz
    Vermelha e entregues à Santa Casa da Misericórdia local que,
    posteriormente, os destribui em cabazes pelas famílias carenciadas.
    "Pela quantidade de embalagens encontradas, a manteiga estava à guarda
    de alguma instituição que, por razões que desconheço em absoluto, a
    deitou ao lixo", salientou o presidente local da Cruz Vermelha."É do
    vizinho""Suspeitamos que possa pertencer a alguma instituição dos
    concelhos vizinhos de Vizela", disse Cocharra. O local onde as
    embalagens foram encontradas é de fácil acesso. Fica num declive, junto a
    uma Estrada Municipal pouco movimentada, num terreno usado como
    lixeira. O cheiro nauseabundo e o facto de alguns pacotes estarem já
    destruídos, ao que tudo indica, por cães, pode significar que a manteiga
    já se encontrava há algum tempo abandonada."A manteiga só estava no
    meio do monte porque alguém a pôs lá. Estava destinada a ser entregue a
    pessoas carenciadas e não a ser destruída pelo sol e pela chuva no meio
    de um monte", referiu um autarca vizelense. "É um crime", salientou o
    mesmo autarca.A polémica à volta das embalagens colocadas na lixeira
    levou já a que a delegação de Vizela da Cruz Vermelha emitisse um
    comunicado onde afirma que o produto não lhe pertence. "Os géneros não
    são pertencentes à delegação de Vizela nem à Santa Casa da Misericórdia,
    sendo estas as únicas instituições beneficiárias do Programa de Ajuda
    Alimentar a Carenciados", garante João Cocharra.Apesar de as embalagens
    estarem embaladas em sacos de lixo há mais de semana, permanecem na
    berma da estrada à espera de ser recolhidas. "É um processo complexo
    porque não estamos a falar de lixo comum e as autoridades policiais têm
    que tentar recolher provas para saber a quem pertenciam as embalagens",
    salientou o presidente da Cruz Vermelha de Vizela.

      Data/hora atual: Qui Nov 23 2017, 20:10