…::GODS POWER PT::…

BEM VINDO AO GODS POWER PT

DIVERTE-TE E CONTRIBUI COM ALGO
E NÃO TE ESQUEÇAS DE VOTAR ENQUANTO
OUVES A RÁDIO NEXT
Se esqueceu a sua senha clique em Recuperar senha

ABRAÇO

susyferry
…::GODS POWER PT::…

GODS POWER PT onde encontras de tudo um pouco, até amigos visita confere ajuda para seres ajudado obrigado











 width=





    Matou vizinho a tiro por causa de contentor

    Compartilhe
    avatar
    henrike
    Sub Administrador
    Sub Administrador

    Troféus, Medalhas. Troféus, Medalhas. : :1
    *****
    :2
    *****
    :3
    Diz de tua justiça..... :

    Masculino
    Número de Mensagens : 2422
    Idade : 65
    País de Origem :
    Alertas :
    0 / 1000 / 100

    Data de inscrição : 17/01/2010

    RPG
    Warm:
    0/0  (0/0)
    Fotos:
    0/0  (0/0)

    Matou vizinho a tiro por causa de contentor

    Mensagem por henrike em Qui Abr 15 2010, 08:43

    Matou vizinho a
    tiro por causa de contentor


    Crime ocorreu após mais uma rixa em
    Vale Formoso


    Desavenças antigas entre vizinhos terminaram ontem, quarta-feira, em
    tragédia. Depois de mais uma discussão e agressões mútuas, por causa de
    um contentor, um matou o outro com um tiro no peito. O crime chocou os
    moradores de Vale Formoso, Almancil.Os dois homens estavam
    desavindos há vários meses desde que a vítima, Natércio Santos, de 55
    anos, instalou um contentor no quintal da sua casa, que serviria de
    armazém. O vizinho, Armando Martins, 59, alegou que a estrutura lhe
    cortava a vista sobre o campo. Situação que motivou várias ameaças de
    parte a parte e queixas na GNR.Ontem, cerca das 10 da manhã, os
    dois envolveram-se, uma vez mais, numa acesa discussão e em agressões
    físicas. Quando, segundo uma testemunha, tudo parecia ter acalmado,
    Armando Martins sacou da pistola, de calibre 6,35 milímetros, que levava
    no bolso e atingiu Natércio à queima-roupa. A companheira da vítima,
    única testemunha, revelou que ainda foi efectuado um disparo de
    intimidação para o ar. Depois de consumado o homicídio, o homicida
    aguardou a chegada dos militares da GNR, a quem confessou o crime, mas
    não revelou onde estava a arma, que só foi encontrada ao final da manhã.O
    desfecho surpreendeu pela violência utilizada, embora as divergências
    entre ambos fossem bem conhecidas. Nas paredes dos muros junto às casas
    dos dois homens pode ler-se "Beco inimigos", numa alusão clara à tensão
    em que ali se vivia. "Foi a vítima quem o escreveu em jeito de ironia,
    já que a rua mais próxima chama-se rua dos Amigos. Fê-lo depois de ter
    sido ameaçada pelo homicida com uma barra de ferro", contou Francisco
    Segurado, amigo de Natércio. "É uma estupidez matar-se alguém por um
    motivo tão fútil", lamentou.As filhas da vítima acorreram ao
    local e não contiveram as lágrimas. Cruzaram-se com familiares do
    homicida, mas não houve troca de palavras. Ninguém quis falar sobre o
    crime. Depois de recuperada a arma, ilegal, Armando Martins foi
    levado por inspectores da Directoria do Sul da Polícia Judiciária. O
    homem contou às autoridades que tinha uma arma por já ter sido ameaçado
    de morte pelo vizinho.

      Data/hora atual: Qui Nov 23 2017, 20:28