…::GODS POWER PT::…

BEM VINDO AO GODS POWER PT

DIVERTE-TE E CONTRIBUI COM ALGO
E NÃO TE ESQUEÇAS DE VOTAR ENQUANTO
OUVES A RÁDIO NEXT
Se esqueceu a sua senha clique em Recuperar senha

ABRAÇO

susyferry
…::GODS POWER PT::…

GODS POWER PT onde encontras de tudo um pouco, até amigos visita confere ajuda para seres ajudado obrigado











 width=





    Reduções fiscais não vão afectar alunos

    Compartilhe
    avatar
    henrike
    Sub Administrador
    Sub Administrador

    Troféus, Medalhas. Troféus, Medalhas. : :1
    *****
    :2
    *****
    :3
    Diz de tua justiça..... :

    Masculino
    Número de Mensagens : 2422
    Idade : 65
    País de Origem :
    Alertas :
    0 / 1000 / 100

    Data de inscrição : 17/01/2010

    RPG
    Warm:
    0/0  (0/0)
    Fotos:
    0/0  (0/0)

    Reduções fiscais não vão afectar alunos

    Mensagem por henrike em Dom Abr 18 2010, 10:40

    A redução das
    deduções fiscais em Educação, uma medida incluída no Plano de
    Estabilidade e Crescimento (PEC), "não vai afectar a escolarização e os
    apoios às crianças" de famílias da classe média e de menor rendimento,
    garantiu ontem a ministra da Educação."Nós estamos muito
    atentos e sabemos que, em relação à classe média e às famílias de menor
    rendimento, esta medida não vai afectar a forma como é feita a
    escolarização das crianças e o apoio que lhes é dado", afirmou Isabel
    Alçada. Em Évora, à margem do XXXV Encontro Nacional das Associações de
    Pais, promovido pela CONFAP, a ministra explicou que existe "um tecto
    para as deduções que não afecta os escalões mais baixos". "Da
    nossa análise, concluímos que não há motivos para grandes preocupações",
    afiançou, revelando que o Ministério de Educação está a estudar "como é
    que a sua política de apoios pode ajudar as famílias que têm mais
    necessidades". As declarações da ministra surgem depois de o presidente
    CONFAP, Albino Almeida, ter alertado para consequências "negativas" de
    eventuais limitações fiscais previstas no PEC.Isabel Alçada
    reiterou que a avaliação de desempenho vai contar para o concurso de
    colocação de professores, a decorrer desde segunda feira e até dia 23 e
    mostrou-se confiante que o diferendo com os sindicatos seja
    "ultrapassado". As federações nacionais dos Professores (Fenprof) e dos
    Sindicatos da Educação (FNE) já prometeram contestar esta situação em
    tribunal e agendaram para amanhã uma concentração de professores junto
    ao Ministério da Educação.

      Data/hora atual: Qui Nov 23 2017, 20:05