…::GODS POWER PT::…

BEM VINDO AO GODS POWER PT

DIVERTE-TE E CONTRIBUI COM ALGO
E NÃO TE ESQUEÇAS DE VOTAR ENQUANTO
OUVES A RÁDIO NEXT
Se esqueceu a sua senha clique em Recuperar senha

ABRAÇO

susyferry
…::GODS POWER PT::…

GODS POWER PT onde encontras de tudo um pouco, até amigos visita confere ajuda para seres ajudado obrigado











 width=





    Sargento da GNR detido com 3000 doses de cocaína

    Compartilhe
    avatar
    henrike
    Sub Administrador
    Sub Administrador

    Troféus, Medalhas. Troféus, Medalhas. : :1
    *****
    :2
    *****
    :3
    Diz de tua justiça..... :

    Masculino
    Número de Mensagens : 2422
    Idade : 65
    País de Origem :
    Alertas :
    0 / 1000 / 100

    Data de inscrição : 17/01/2010

    RPG
    Warm:
    0/0  (0/0)
    Fotos:
    0/0  (0/0)

    Sargento da GNR detido com 3000 doses de cocaína

    Mensagem por henrike em Dom Maio 02 2010, 10:49

    Investigação da PJ no Algarve resultou
    na detenção do guarda de Loulé que já se encontra em prisão preventiva

    Um
    primeiro-sargento da GNR de Loulé é suspeito de ter ligações a uma rede
    de tráfico de cocaína que abastece a região do Algarve. Foi detido
    anteontem na posse de quase três mil doses de droga. Está desde ontem em
    prisão preventiva.M. C. foi detido na sexta-feira por
    inspectores da Directoria do Sul da Polícia Judiciária (PJ). Estava a
    ser vigiado e foi seguido por se suspeitar que transportava droga no
    carro. Acabou por ser interceptado na Estrada Nacional 125, na zona da
    Maritenda, Boliqueime. As suspeitas confirmaram-se. Na viaturas foram
    encontradas 104 gramas de cocaína, uma quantidade suficiente para
    fabricar mais de 1200 doses. Numa busca à casa do suspeito foram
    apreendidas mais 133 gramas, uma balança digital de precisão, canivetes,
    telemóveis e outros objectos relacionados com o tráfico de droga. Ao
    todo, a cocaína daria para produzir quase três mil doses. Ao que o
    JN apurou, M. C. teria como função fornecer a droga a revendedores, que
    depois a vendiam a consumidores. Depois da detenção, pernoitou em
    instalações militares em S. Brás de Aportel e foi ouvido ontem em
    primeiro interrogatório judicial. Por ser agente da autoridade
    (facto que aumenta a gravidade do crime) e devido ao perigo de fuga, o
    Ministério Público promoveu a prisão preventiva, confirmada pela juíza
    do Tribunal de Loulé. Foram os próprios colegas que o transportaram, com
    a cara tapada por peças de roupa, numa viatura da guarda até ao
    presídio militar de Tomar.A investigação não terminou. Os
    inspectores tentam agora averiguar eventuais ligações do detido a uma
    rede de tráfico de droga a operar na região. M. C. tem cerca de
    40 anos de idade. Solteiro, sem filhos, é natural da zona de Beja e
    reside actualmente em Quarteira. Já foi agente da PSP e pertenceu à
    Guarda Fiscal. Quando esta foi extinta, ingressou na GNR. Passou pelo
    destacamento de Faro e estava há alguns meses colocado no posto de
    transmissões. Há fortes indícios de que utilizou meios da Guarda como
    suporte da actividade criminosa.Embora seja visto como "um homem
    pacato e pouco operacional", os motivos da detenção surpreenderam quem
    trabalha (e trabalhou) de perto com M. C. "Sabe-se que foi corrido de
    todos os locais por onde passou por não ser um militar com grandes
    qualidades profissionais, mas de tráfico de droga nunca se falou",
    disseram vários colegas contactados pelo JN.Segundo fonte do
    comando de Faro da GNR, o primeiro-sargento vai ser alvo de um processo
    disciplinar. Se as suspeitas da PJ se confirmarem, será expulso da
    Guarda.


    _______________________________________________




    http://i62.servimg.com/u/f62/13/42/24/53/henriq13.gif


      Data/hora atual: Qui Nov 23 2017, 20:29