…::GODS POWER PT::…

BEM VINDO AO GODS POWER PT

DIVERTE-TE E CONTRIBUI COM ALGO
E NÃO TE ESQUEÇAS DE VOTAR ENQUANTO
OUVES A RÁDIO NEXT
Se esqueceu a sua senha clique em Recuperar senha

ABRAÇO

susyferry
…::GODS POWER PT::…

GODS POWER PT onde encontras de tudo um pouco, até amigos visita confere ajuda para seres ajudado obrigado











 width=





    Catanada em jovem deixa bairro em fúria

    Compartilhe
    avatar
    henrike
    Sub Administrador
    Sub Administrador

    Troféus, Medalhas. Troféus, Medalhas. : :1
    *****
    :2
    *****
    :3
    Diz de tua justiça..... :

    Masculino
    Número de Mensagens : 2422
    Idade : 65
    País de Origem :
    Alertas :
    0 / 1000 / 100

    Data de inscrição : 17/01/2010

    RPG
    Warm:
    0/0  (0/0)
    Fotos:
    0/0  (0/0)

    Catanada em jovem deixa bairro em fúria

    Mensagem por henrike em Dom Maio 02 2010, 10:50

    Um
    jovem de 18 anos foi agredido com uma catana, ontem de madrugada, numa
    rixa com vizinhos, no Bairro do Outeiro, no Porto. A PSP teve de mandar
    reforços e de escoltar uma família alvo da fúria de moradores, por
    alegado envolvimento no caso.Daniel Andrade permanecia,
    ontem, internado no Hospital de S. João, no Porto, livre de perigo. Terá
    sido atacado, cerca da meia-noite, quando se preparava para entrar em
    casa, no bloco G do Bairro do Outeiro, em Paranhos. Desavenças
    entre o jovem e um vizinho, de 29 anos, supostamente por afirmações que
    teria feito a propósito de um "julgamento" em que este último estaria
    envolvido, terão estado na origem do incidente.Segundo moradores
    abordados pelo JN, Daniel foi surpreendido por pelo menos três
    indivíduos. "Eles juntaram-se à espera dele. Mal ele meteu as chaves na
    porta foi espancado", contou a irmã, Raquel Andrade, dizendo haver
    testemunhas de que a agressão mais grave, com uma catana, foi consumada
    pela companheira do homem com quem o irmão estava desavindo.De
    acordo com relatos ouvidos no bairro, o rapaz foi "atirado" do cimo de
    um muro à entrada do prédio, tendo sido, ainda, arremessada uma grade
    contra ele. "O pulmão do meu irmão foi perfurado", garantiu Raquel,
    acrescentando que o jovem, internado no Hospital de S. João, "está
    estabilizado, mas poderá ser operado a qualquer momento".Revoltados,
    vários populares apedrejaram a habitação do casal apontado como
    responsável pelas agressões e a PSP mobilizou dezenas de agentes para o
    local, incluindo do Corpo de Intervenção. "Foi o fim do mundo",
    desabafou uma moradora. Os visados da fúria e dois filhos menores
    tiveram de ser retirados do bairro sob protecção policial e
    transportados para casas de familiares. A mãe da vítima entregou,
    entretanto, aos polícias, a catana e uma pistola, de calibre 6.35 mm,
    que tinham sido "largadas no chão".Fonte policial informou que os
    intervenientes foram identificados, mas não houve detenções, por falta
    de flagrante delito. O indivíduo de 29 anos, apontado como o principal
    suspeito, também apresentava ferimentos e alegou ter sido vítima de
    agressões. Já a vítima teria lesões na cabeça e numa mão.Os
    motivos do conflito, que se viria a agudizar há alguns dias, não são
    muito claros. Moradores atribuem a animosidade ao facto de o vizinho
    julgar que Daniel "andava a dizer coisas dele por causa de um
    julgamento, inclusive que ele tinha uma arma".


    _______________________________________________




    http://i62.servimg.com/u/f62/13/42/24/53/henriq13.gif


      Data/hora atual: Qui Nov 23 2017, 20:29