…::GODS POWER PT::…

BEM VINDO AO GODS POWER PT

DIVERTE-TE E CONTRIBUI COM ALGO
E NÃO TE ESQUEÇAS DE VOTAR ENQUANTO
OUVES A RÁDIO NEXT
Se esqueceu a sua senha clique em Recuperar senha

ABRAÇO

susyferry
…::GODS POWER PT::…

GODS POWER PT onde encontras de tudo um pouco, até amigos visita confere ajuda para seres ajudado obrigado











 width=





    Académica: Ex-director acusado de travar fiscalização

    Compartilhe
    avatar
    henrike
    Sub Administrador
    Sub Administrador

    Troféus, Medalhas. Troféus, Medalhas. : :1
    *****
    :2
    *****
    :3
    Diz de tua justiça..... :

    Masculino
    Número de Mensagens : 2422
    Idade : 65
    País de Origem :
    Alertas :
    0 / 1000 / 100

    Data de inscrição : 17/01/2010

    RPG
    Warm:
    0/0  (0/0)
    Fotos:
    0/0  (0/0)

    Académica: Ex-director acusado de travar fiscalização

    Mensagem por henrike em Qui Maio 06 2010, 09:55

    Dois
    engenheiros da Câmara de Coimbra afirmaram, ontem, quarta-feira, no
    Tribunal de Coimbra, que o ex-director de urbanismo e presidente da
    Académica, José Eduardo Simões, tentou travar a fiscalização de
    ilegalidades na urbanização de um empresário que financiou o clube."Foi-me
    referido para não dar continuidade à acção de fiscalização", declarou
    Ana Matias, da Divisão de Fiscalização do município de Coimbra, após
    recordar como foi interceptada por José Eduardo Simões, numa ocasião em
    que se dirigia para a urbanização Jardins do Mondego.O
    ex-director municipal da Administração do Território refutou a acusação,
    na primeira sessão do julgamento, em que responde por nove crimes de
    corrupção passiva. Aquele incidente ocorreu após a hora de almoço
    de 11 de Março de 2005. Ana Matias passara a manhã na referida
    urbanização de Emídio Mendes - um empresário que garantiu milhões à
    Académica (ver ficha), de que Simões era simultaneamente presidente - e
    detectara pisos ilegais em 17 lotes.Era sua intenção regressar à
    obra, da parte da tarde, com o colega Pedro Guerra. Mas, quando ambos
    carregavam processos do loteamento para um automóvel, à entrada da
    Câmara, apareceu Simões. Que perguntou aos fiscais aonde iam e
    pediu-lhes que o acompanhassem ao seu gabinete. Já no gabinete,
    Simões terá falado de outras obras, antes chegar ao tema Jardins do
    Mondego. Sobre este, disse que "era um bom empreendimento para a
    cidade", relatou Ana Matias.Adiamento visto como ordemA
    alegada defesa do "adiamento" da fiscalização foi entendida, por Guerra,
    como "uma ordem". O director terá adiantado que iria discutir o assunto
    com a chefe da Divisão de Fiscalização, Fátima Ramos. Mas esta afirmou,
    ontem, que não lhe ouviu "nada" sobre os Jardins do Mondego, pelo que
    mandou continuar a fiscalização, no dia seguinte. Ana Matias fê-lo e
    propôs o embargo da obra.Simões não quis falar, no início da
    audiência, mas, após ouvir Ana Matias, veio a refutar qualquer ordem
    "para que a fiscalização não se fizesse". E justificou a intercepção dos
    fiscais: "Queria saber se alguma coisa me estava a escapar", declarou. A
    referida urbanização é um dos cinco empreendimentos que levaram Simões a
    ser acusado de outros tantos crimes de corrupção passiva para acto
    ilícito, pela sua intervenção enquanto director municipal e por receber
    donativos para a Académica dos respectivos promotores imobiliários. Está
    ainda acusado de quatro crimes de corrupção para acto lícito. Mas
    só um empresário, José Pascoal, responde por corrupção activa. Os
    restantes aceitaram a proposta de suspensão provisória de processo,
    feita pelo Ministério Público, a troco de depoimentos no julgamento.José
    Pascoal entregou dois cheques de cinco mil euros a José Eduardo Simões,
    na Câmara de Coimbra, mas sem expectativa de tratamento favorável para
    os seus projectos imobiliários, asseverou.


    _______________________________________________




    http://i62.servimg.com/u/f62/13/42/24/53/henriq13.gif


      Data/hora atual: Qui Nov 23 2017, 20:14