…::GODS POWER PT::…

BEM VINDO AO GODS POWER PT

DIVERTE-TE E CONTRIBUI COM ALGO
E NÃO TE ESQUEÇAS DE VOTAR ENQUANTO
OUVES A RÁDIO NEXT
Se esqueceu a sua senha clique em Recuperar senha

ABRAÇO

susyferry
…::GODS POWER PT::…

GODS POWER PT onde encontras de tudo um pouco, até amigos visita confere ajuda para seres ajudado obrigado











 width=





    Forlán quer sair. Agüero idem. Alguém quer ficar no Atlético?

    Compartilhe
    avatar
    henrike
    Sub Administrador
    Sub Administrador

    Troféus, Medalhas. Troféus, Medalhas. : :1
    *****
    :2
    *****
    :3
    Diz de tua justiça..... :

    Masculino
    Número de Mensagens : 2422
    Idade : 65
    País de Origem :
    Alertas :
    0 / 1000 / 100

    Data de inscrição : 17/01/2010

    RPG
    Warm:
    0/0  (0/0)
    Fotos:
    0/0  (0/0)

    Forlán quer sair. Agüero idem. Alguém quer ficar no Atlético?

    Mensagem por henrike em Qua Maio 25 2011, 13:49

    Quique Flores bateu com a porta, Luis Enrique respondeu "nim" ao convite
    para treinador, Toni e Kiko recusaram o cargo de dirigentes. Hoje os
    adeptos já marcaram uma passeata contra a direcção do Atletico
    Costinha, Dani, Futre, Hugo Leal, Jorge Mendonça, Maniche, Simão, Tiago e Zé Castro.
    O Atlético Madrid é o clube internacional mais português de sempre, com
    nove representantes. A caminho, o décimo elemento, com a contratação do
    lateral-esquerdo Sílvio, do Sp. Braga. A ele junta-se o brasileiro
    Miranda (ex-São Paulo) na lista de reforços 2011/12. O resto da equipa e
    da comissão técnica é uma incógnita. Tudo porque o Atlético Madrid é
    dos clubes mais bipolares do mundo, a par de Liverpool, Juventus e
    (porque não?) Sporting.

    Vencedor da Liga Europa e da Supertaça Europeia em 2010, o Atlético Madrid
    propunha-se a altos voos para 2010/11. Mas quanto maior a altura, maior
    a queda. E o Atlético afunilou-se na crise. De valores. De resultados.
    De estrutura. Ao sétimo lugar na Liga espanhola, que vale um lugar nas
    competições europeias para a próxima época in extremis, segue-se
    uma confusão infindável, que mais se parece com uma novela mexicana.
    Primeiro, Quique Flores barra Diego Forlán e o uruguaio questiona-o à
    frente do plantel. Da discussão, retiram-se duas ilações: Quique faz as
    malas para bem longe dali e Forlán idem, até para o Atlético
    encher os cofres. Quem sucede a Quique? Fala-se em Luis Enrique, do
    Barcelona B, mas este nem sim nem não. Muito menos, talvez. Um "hasta
    luego" e, e...

    A direcção do Atlético arrisca um
    paso doble com Toni e Kiko, ex-jogadores do clube com um peso enorme
    noutras conquistas, nos anos 90, mas estes, conhecedores da realidade
    bipolar, declinam o convite para assumir cargos administrativos. A cereja no topo do bolo é o pedido de Kun Agüero para sair do Atlético, no seu site oficial.

    "Sempre
    disse que quando quisesse sair o diria publicamente. Esse momento
    chegou. Por isso cumpro a minha palavra e aqui estou eu... É complicado
    para mim sair do Atleti. Dói-me e entristece-me ter de o fazer. Mas não é
    difícil explicar a razão. Estou prestes a completar 23 anos e tenho
    muito pela frente. E não se trata de uma questão económica, mas sim
    desportiva." Agüero quer jogar para ganhar. No Atlético, isso existe mas
    aos soluços, e muito de vez em quando. Por isso, oito mil adeptos do
    Atlético já marcaram via Twitter uma passeata contra a direcção do
    clube, gerida por Miguel Ángel Gil Marín e Enrique Cerezo. É hoje às 17
    horas. Se os manifestantes forem tão bipolares como o clube, Madrid nunca mais será a mesma.




    _______________________________________________




    http://i62.servimg.com/u/f62/13/42/24/53/henriq13.gif


      Data/hora atual: Dom Out 22 2017, 08:16