…::GODS POWER PT::…

BEM VINDO AO GODS POWER PT

DIVERTE-TE E CONTRIBUI COM ALGO
E NÃO TE ESQUEÇAS DE VOTAR ENQUANTO
OUVES A RÁDIO NEXT
Se esqueceu a sua senha clique em Recuperar senha

ABRAÇO

susyferry
…::GODS POWER PT::…

GODS POWER PT onde encontras de tudo um pouco, até amigos visita confere ajuda para seres ajudado obrigado

PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série 076




PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série 087




 width=





    PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série

    henrike
    henrike
    Sub Administrador
    Sub Administrador

    Troféus, Medalhas. Troféus, Medalhas. : PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série Ouro10:1
    *****
    PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série Medal_22:2
    *****
    PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série Medal_62:3
    Diz de tua justiça..... :

    Masculino
    Número de Mensagens : 2422
    Idade : 67
    País de Origem : PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série Por10
    Alertas :
    PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série Left_bar_bleue0 / 1000 / 100PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série Right_bar_bleue

    Data de inscrição : 17/01/2010

    RPG
    Warm:
    PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série Left_bar_bleue0/0PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série Empty_bar_bleue  (0/0)
    Fotos:
    PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série Left_bar_bleue0/0PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série Empty_bar_bleue  (0/0)

    PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série Empty PSP faz 11 detidos em gangue por assaltos em série

    Mensagem por henrike em Qui Abr 15 2010, 08:41

    PSP faz 11
    detidos em gangue por assaltos em série


    Tabaco, roupa e carros
    eram principais alvos dos jovens


    A PSP desmantelou, ontem, quarta-feira, um gangue de jovens suspeitos
    de dezenas de assaltos nocturnos a cafés e a lojas de pronto-a-vestir,
    além de roubos por carjacking, no Grande Porto. Foram detidos 11
    indivíduos e apreendidos armas de fogo, droga e material furtado.Foi
    um duro despertar na urbanização da Rua Rodrigo Gonçalves Lage, em
    Águas Santas, Maia. Às sete horas, o poder derrubador dos arietes da PSP
    fez-se sentir nas portas de alguns dos principais visados na Operação
    Aquiles, que se estendia a outros concelhos do Grande Porto. O "gangue
    do Formigueiro" (designação do lugar onde residia o núcleo duro) sofria
    um sério golpe. Com o Corpo de Intervenção por perto e pronto
    para uma intervenção musculada em caso de reacções violentas, vários
    elementos das brigadas à civil vasculhavam com minúcia apartamentos,
    garagens e arrumos, à procura de provas incriminatórias. Entre os
    populares que assistiam discretamente à acção, a fama dos suspeitos já
    não era a melhor. "Durante uns tempos vamos ter sossego", deixava
    escapar um morador, lembrando o corrupio dos jovens até altas horas da
    madrugada, que causava incómodos a quem queria dormir. A operação
    mobilizou cerca de 150 polícias e foi o culminar de uma investigação
    iniciada em finais do ano passado. Debaixo de olho estava um grupo de
    indivíduos, com idades entre os 18 e os 23 anos, indiciado por dezenas
    de assaltos por arrombamento a estabelecimentos de restauração - para o
    furto das máquinas do tabaco - e a lojas de roupa de marca. Pelo meio,
    terá cometido, também, roubos à mão armada pelo método de carjacking.
    Muitos dos suspeitos já tinham antecedentes criminais, apesar da
    juventude.Os assaltantes atacavam preferencialmente durante a
    madrugada e a sua área de intervenção dispersou-se por vários concelhos
    da Área Metropolitana do Porto. O material furtado, como o tabaco, era
    revendido no mercado paralelo a preços inferiores.Armas e
    vestuárioOntem, numa acção coordenada pela Divisão de
    Investigação Criminal (DIC) da PSP do Porto, foram desencadeadas 20
    buscas, com maior incidência nos concelhos da Maia e de Matosinhos. À
    hora do fecho desta edição, as diligências prosseguiam mas já tinham
    sido detidos 11 indivíduos: nove apontados como operacionais do gangue e
    outros dois por crimes de posse ilegal de arma e de tráfico de droga.Nas
    buscas realizadas, a DIC apreendeu quatro armas, haxixe e uma grande
    quantidade de tabaco, peças de vestuário, televisores e material
    informático, entre outros artigos alegadamente provenientes das acções
    criminosas. Os detidos, que deverão ser indiciados por crimes
    como associação criminosa, furto e roubo, serão presentes, hoje, ao
    Tribunal de Instrução Criminal do Porto, para primeiro interrogatório
    judicial.

      Data/hora atual: Qui Set 19 2019, 23:10